3 exercícios para deixar seu app de fitness em forma

outubro 31, 2016 5:00 pm Publicado por Deixe um comentário

É um momento emocionante para ser um desenvolvedor de aplicativo voltado para health & fitness. Com as pessoas focadas no seu desenvolvimento fitness mais do que nunca, estamos vendo muitas indo a academias com frequência, a ascensão da moda fitness e uma ênfase em dispositivos conectados.

A integração da tecnologia inteligente é proeminente nesse crescimento. Quer seja através de vídeo streaming, wearables ou aplicativos móveis, a tecnologia nos capacita com acesso instantâneo a exercícios de alta qualidade, sensores de biofeedback e uma inspiração on-demand interminável. Na Google Play, nós vimos esse crescimento refletido pela incrível popularidade de aplicativos health & fitness. Na verdade, essa é uma das categorias com crescimento mais rápido de aplicativos da Google Play, estimulando os mais engajados de 30d usuários ativos.

Como perita em health & fitness na Google Play, eu tive a oportunidade de falar sobre o que está impulsionando o crescimento da categoria no recente Wearables Technology Show. Aqui estão as três principais recomendações que compartilhei com o público para ajudar os desenvolvedores a construírem experiências mais valiosas de aplicativos:

#1 Seja invisível

Nós todos sabemos o quão doloroso é fazer manualmente login e biometria com rastreamento de calorias, exercícios, humores ou ciclos hormonais. O logging manual é, na verdade, a razão número um de os usuários desistirem do aplicativo.

O que você deve fazer: minimizar a distração com a automação sempre que possível, maximizando o valor nos momentos apropriados. Lembre-se de que você tem tudo nas mãos para pode acompanhar a experiência do aplicativo no evento principal.

Lose It! torna o rastreamento de comida mais fácil usando a tecnologia da câmera e o reconhecimento de imagem do seu telefone para identificar os alimentos e suas informações nutricionais. Adeus à contagem de calorias manual!

image1

Strava usa a detecção de pausa automática, assim o app é capaz de reconhecer quando você está descansando durante o exercício; desse modo, você não precisa mexer com o seu dispositivo e pode ficar seguro.

#2 Seja pessoal

Investir em uma personalização robusta tem sido o fator motriz de uma melhor interação com o aplicativo e a conversão dos compradores entre muitos dos nossos melhores desenvolvedores.

O que você deve fazer: Personalizar a experiência para cada usuário ou grupos de usuários distintos pela utilização de tecnologias como a API Awareness, API Fit, Google Sign In e Facebook Login para puxar de forma inteligente os dados relevantes do seu usuário. Pense nos usuários que estão acessando seu app pela primeira vez, usuários avançados, usuários de alto valor etc., e trate-os de forma exclusiva.

Freeletics personaliza o app e a experiência onboarding, baseado no gênero e no nível fitness, conduzindo a um aumento de 58% na sessões ativas semanais.

image2

Workout Trainer, produzido pela Skimble, aumenta o engajamento do usuário em 30% por meio de personalização de programas de treino baseados em avaliações fitness do usuário, metas e padrões de treino.

#3 Seja assistivo

O crescimento de smartphones, wearables e a Internet das Coisas nos deixou nadando em dados e dashboards, e muitos consumidores se perguntando: e daí?

O que você deve fazer: Oferecer insights e sugestões, e não apenas os dados brutos. Os usuários não são engenheiros e geralmente não querem processar dados ou dashboards complexos. Na maioria dos casos, eles querem que você lhes diga o que fazer no momento ou forneça resumos digeríveis após o fato. Mantenha-se simples.

Glow fornece insights personalizados que são alavancados pelos dados inseridos pelo usuário e os dados de terceiros do Google Fit para ajudar os casais a atingir suas metas de fertilidade.

image3

Beddit dá dicas diárias personalizadas para melhorar seu sono e bem-estar através da análise de ciclos de sono, frequência cardíaca de repouso, respiração, temperatura ambiente, e mais.

No final do dia, a mudança de hábitos de heatlh & fitness é difícil. É necessário tornar isso mais fácil para os seus usuários por meio de orientações sobre o que eles pessoalmente precisam fazer para alcançar seus objetivos. É simples assim ;). Nós encorajamos você a testar esses exercícios para ajustar o seu app para os milhões de usuários do Android que procuram viver uma vida mais saudável, mais feliz.

***

Este artigo é do Android Security Team. Ele foi escrito por Mary Liz McCurdy. A tradução foi feita pela Redação iMasters com autorização. Você pode acessar o original em: http://android-developers.blogspot.com.br/2016/10/3-exercises-to-get-your-fitness-app-in.html.

Mensagem do anunciante:

Experimente a Umbler, startup de Cloud Hosting por demanda feita para agências e desenvolvedores e ganhe até R$ 100 em créditos!

Source: IMasters

Categorizados em:

Este artigo foi escrito pormajor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *