4 gatilhos para uma comunicação saudável com inbound marketing

agosto 8, 2016 12:00 pm Publicado por Deixe um comentário

Impactar pessoas hoje em dia é algo bem difícil. Todos nós temos um ritmo atribulado. No trabalho os prazos são para ontem, a vida pessoal está sempre corrida e a agenda lotada. Imagine agora como chamar a atenção de um público específico e técnico?

Inbound marketing, SEO, marketing de conteúdo, social media etc. São inúmeros canais e ferramentas disponíveis para atingir nichos. Mas a questão é: inbound marketing funcionaria nesses casos?

Para começar… Você sabe o que é inbound marketing? Essa estratégia visa nada mais do que a atrair o consumidor. Porém, diferente das comunicações de interrupções às quais estamos acostumados, como comerciais, spots de rádio, anúncios impressos, etc, ela esquenta seu potencial contato ou lead, levando-o à conversão.

Para ficar mais claro: antes de simplesmente lançar uma campanha divulgando um iogurte natural, você começa municiando o leitor com informações sobre saúde e alimentos naturais que são fontes de fibras, por exemplo. A partir daí você esquenta seu lead até ele entender que precisa daquele produto.

Olhe só essa definição da Hubspot na apresentação Transform Your Marketing: “Inbound Marketing pode ser considerado qualquer tática de marketing que se baseia em ganhar o interesse das pessoas ao invés de comprá-lo”.

E isso é feito por meio dos gatilhos:

1º gatilho – Aprendizado e descoberta

Aqui, o potencial cliente desconhece que possui um problema ou necessidade. Dessa forma, precisamos despertar o interesse pelo tema e estabelecer confiança. Pensando ainda no iogurte natural, poderíamos criar um e-book com o tema “5 vantagens dos alimentos de fonte natural”, por exemplo.

2º gatilho – Reconhecimento do problema

Se o lead está nesta etapa, ele já possui interesse e está mais aberto. O objetivo aqui é ajudá-lo a entender que há uma oportunidade ou problema e introduzir, de forma ampla, uma possível solução, porém sem citar produtos ou serviços. No caso do iogurte, o tema do nosso e-book seria “5 benefícios ao ingerir um iogurte natural toda manhã”.

3º gatilho – Consideração da solução

Aqui começa a avaliação de uma possível compra. É necessário, portanto, criar identificação com o seu produto para que esta seja considerada uma opção viável. “8 maneiras de integrar o iogurte X em sua alimentação”, por exemplo, seria nosso material nesta etapa.

4º gatilho – Decisão de compra

Nesta etapa você pode ser mais incisivo e direto! Seu lead já entendeu que ele precisa do seu produto ou tem um problema relacionado a este. Chegou a hora de vender! Você pode criar um material mais objetivo, como um email marketing, por exemplo.

Mas retomando à pergunta que fizemos lá em cima: inbound marketing funciona em nichos? A resposta é: sim! Dependendo da sua estratégia e se o seu público for muito específico ou técnico, você deve criar um fluxo de nutrição que faça sentido e atenda a atração, conversão e conclusão da venda.

Importante: a linguagem deve ser clara, objetiva e o material não pode ser muito longo. Afinal, ninguém dispõe de tanto tempo assim. Ah, você também pode criar vídeos ou tutoriais. Assim, ganha uma abordagem mais dinâmica.

Você também pode reforçar sua estratégia com marketing de conteúdo por meio de um blog corporativo, por exemplo, juntamente com SEO, mas isso é assunto para outro artigo.

Com todas estas estratégias, ferramentas e uma boa frequência de entrega de conteúdos de valor com uma linguagem clara, você conseguirá atingir e engajar até os públicos mais específicos! E eu continuo fazendo a minha aposta em 00!

Source: IMasters

Categorizados em:

Este artigo foi escrito pormajor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *