Afinal, o que é uma “NextGen” CDN?

março 7, 2017 8:00 pm Publicado por Deixe um comentário

Você já deve ter ouvido o termo “next gen”. É uma abreviação de “next generation”, ou próxima geração. É o termo utilizado para descrever algo que evoluiu e apresenta significativas melhorias com relação ao que estava disponível anteriormente, seja em tecnologia, nos esportes, finanças ou qualquer outra área.

Quando falamos de CDN (Content Delivery Network), o termo é utilizado em referência às CDNs que resolvem problemas que surgiram recentemente, que as CDNs tradicionais não estão equipadas para tratar de forma adequada.

A popularização da banda larga e do acesso à internet via dispositivos móveis trouxe dois problemas cabeludos para as CDNs: páginas com muito conteúdo (imagens de alta resolução, vídeo, CSS e JavaScript) e a necessidade por carregamento quase em tempo-real.

Para referência, a média de tamanho das páginas em 2010 era de 650KB, versus uma média de 2,4MB em 2016, ou seja, cresceu 400%.

As CDNs tradicionais sempre focaram na entrega de conteúdo estático – imagens e vídeos – e sua tecnologia e infraestrutura não estavam preparadas para lidar com os requisitos de entrega de conteúdo dinâmico e serviços em tempo-real – como HTML, APIs, Ajax – ou qualquer conteúdo que necessite de lógica de aplicação.

Foi justamente pela necessidade da entrega de conteúdo em rápida e constante mudança, aplicações web interativas, aplicações móveis e APIs que as nextgen CDNs emergiram, concentrando seus esforços e desenvolvendo plataformas que oferecem aos clientes controle sobre seus aplicativos Web, dando-lhes a flexibilidade e visibilidade necessárias, combinando os recursos e a funcionalidade de plataformas de computação em nuvem de ponta.

As CDNs de próxima geração podem armazenar rapidamente conteúdo em constante mudança, em grande parte devido a recursos como a renovação instantânea de cache, que remove e substitui o conteúdo cacheado em tempo real. Além deste recurso, as CDNs de próxima geração aumentam a flexibilidade e a transparência na entrega e monitoração de conteúdo. Esses recursos incluem a aplicação instantânea de alterações de configuração e relatórios em tempo real.

Essas funcionalidades permitem que os desenvolvedores atualizem aplicativos na nuvem enquanto estão em execução, eliminando assim a necessidade por downtime para manutenção. Também possibilitam prever picos de tráfego e fornecem visibilidade sobre potenciais gargalos, que poderiam afetar o bom funcionamento do site. A flexibilidade estendida dá aos clientes deste tipo de CDN controle completo sobre sua aplicação web, desde os estágios de desenvolvimento até a execução em produção na nuvem. As empresas que adotam a nova tecnologia não estão mais restritas à tradicional “caixa preta” das CDNs tradicionais, onde a visibilidade, a funcionalidade e as escolhas são limitadas.

A adoção de uma NextGen CDN propicia a entrega de aplicações de alto desempenho e a tomada de decisões baseadas em relatórios avançados, trazendo como benefícios a redução nas taxas de abandono, melhora no SEO e taxas de conversão e redução nos custos com operações e infraestrutura.

Source: IMasters

Categorizados em:

Este artigo foi escrito pormajor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *