Algumas boas práticas no desenvolvimento de sites WordPress

setembro 20, 2016 8:53 pm Publicado por Deixe um comentário

Atualmente, o WordPress (WP) representa aproximadamente 26,6% do mercado mundial, e desenvolver um site em WordPress pode ser fácil, mas depende da experiência que você tem em webdesign. Por sorte, o WordPress é atualizado e melhorado constantemente a fim de facilitar a vida de quem está programando.

Este artigo contém algumas boas práticas para você desenvolver um WordPress, seja um blog clássico, um site personalizado para sua empresa ou até mesmo um ecommerce.

Revisão

Este é um recurso nativo do WP, pelo qual é possível identificar alterações feitas dentro dos textos por cada usuário. Ele permite uma gestão de todas as alterações feitas nos textos do WP.

Temas

Uma vez que você deseja utilizar temas mais avançados, você pode navegar pelo diretório oficial ou buscar feedback de usuários ativos. O site CreativeBloq.com identifica 42 temas favoritos gratuitos, incluindo o Arcade, que lhe auxilia a programar um design interativo; o Appliance, o qual cria uma série de painéis pequenos para exibir seus dados em vez de uma lista vertical; e o BigSquare, que oferece uma grande foto dominante na página principal de seu site. Além disso, é possível comprar temas com suporte GPL.

Plugins

Os plugins permitem que você customize funções e adicione recursos para tornar seu site exclusivo para sua empresa, assim como para assegurar um desempenho eficiente de acordo com as suas necessidades específicas. Atualmente, o WP conta com o GoCache CDN, um plugin de performance que reduz os custos com cloud. Esse plugin foi desenvolvido em parceria com a GoCache e a Apiki, referência no mercado brasileiro no desenvolvimento de WP.

SEO

O Google regularmente atualiza as boas práticas para indexação nas buscas. As páginas do WordPress devem ter códigos e plugins que são modernizados de acordo com as mais recentes normas SEO, incluindo títulos e metags devidamente escritos e evitar permalinks padrão.

Abaixo seguem alguns pontos que requerem constante atenção de boas práticas:

  • Otimização de URLs;
  • Otimização de títulos;
  • Otimização de descrições;
  • Otimização de imagens;
  • Sitemaps XML;
  • Otimização de templates;
  • Paginação;
  • Canonical;
  • Conteúdos duplicados;
  • Estrutura do site;
  • Otimização de conversão;
  • Otimização de comentário;
  • Off blog SEO.

Segurança

Você não precisa ser um grande varejista, estúdio de filmes ou agência governamental para ser o foco de hackers. Mesmo um site de hobby, blog ou pequena loja deve incluir proteção para manter suas páginas longe de danos ou de roubos de seus dados.

Felizmente, a segurança também é algo vital para os membros da comunidade WordPress, que regularmente discutem sobre produtos que podem bloquear ou impedir ataques indesejados de hackers. Wordfence, Bulletproof, Simple Firewall, e iThemes Security são todos mencionados como ferramentas úteis.

Além disso, é importante manter o seu WP sempre atualizado – isso garante que você utilize o software com as mais recentes correções de bugs. Ademais, a gestão do seu projeto deve ser integrada com um controle de versionamento, a fim de garantir a disponibilidade dos serviços.

Existem também alguns plugins que podem ser instalados a fim de aumentar a segurança do seu site. Um deles é o “Hide My WP”, que bloqueia toda e qualquer tentativa de acesso direto a arquivos PHP, além de possuir algumas ferramentas anti-spam.

E-commerce

O WP Explorer recomenda combinar temas e plugins, em especial o Woocommerce e o WooE-commerce para criar uma super loja. Isso permitirá que você exiba, cadastre e gerencie seus produtos. No entanto, você também precisará integrar uma solução de pagamento, como PayPal, MundiPagg ou Cielo, para que seus clientes finalizem os pedidos e paguem online.

Analytics

Google Analytics ainda é o padrão para medir as interações e as atividades dos clientes no seu site. Mas certificar-se de que está funcionando bem em seu site não é tão fácil quanto apenas inserir o código de rastreamento.

Há uma variedade de plugins disponíveis para certificar que o Google Analytics está devidamente configurado. O WordPress.org recomenda instalar Google Analytics by Yoast, que rastreia seu blog ou site para medir muitos aspectos do comportamento dos visitantes.

Além das boas práticas, é importante saber onde hospedar o seu site depois de pronto, e atualmente a WordPress.org lista a Bluehost como uma das melhores opções para hospedar sites WordPress.

Estas são algumas boas práticas para quem desenvolve em WP. É sempre importante estar atento às novas versões e também estar em contato com a comunidade de desenvolvimento, pois é de lá que saem as melhores ideias e solicitações de mercado.

Mensagem do anunciante:

Experimente a Umbler, startup de Cloud Hosting por demanda feita para agências e desenvolvedores e ganhe até R$ 100 em créditos!

Source: IMasters

Categorizados em:

Este artigo foi escrito pormajor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *