Apresentação da Google Slides API

fevereiro 8, 2017 12:00 pm Publicado por Deixe um comentário

Na Google I/O 2016, fornecemos aos desenvolvedores uma prévia da Google Slides API. Desde então, as engrenagens estão rodando a todo vapor e temos trabalhado com vários parceiros e desenvolvedores de acesso antecipado para mostrar o que se pode fazer com ela. Hoje, temos o prazer de anunciar que a Slides API v1 já está disponível! Esse momento representa a primeira vez em que os desenvolvedores poderão acessar o Apresentações programaticamente!

A Slides API é pioneira, mudando a forma com que se cria apresentações. Elas não exigem que os usuários as criem manualmente em seus computadores ou dispositivos móveis. Dados corporativos sobre itens em estoque, como produtos de revenda, residências/propriedades, hotéis/pousadas, restaurantes/menus, locais/eventos e outros ativos “catalogados” podem se transformar instantaneamente em apresentações com base em modelos de slides pré-existentes. Tradicionalmente, a quantidade de dados (e, é claro, de tempo[!]) que se colocava na criação desses conjuntos de slides os tornava quase impossível de fazer à mão. Os aplicativos que usam a API podem gerar apresentações como essas facilmente, personalizadas como o usuário desejar e com muita rapidez.

Os desenvolvedores usam a API criando uma carga útil em JSON para cada solicitação (recomendamos agrupar diversos comandos para enviar à API). Você pode vê-los como ações que alguém pode realizar na interface do usuário do Apresentações, mas que são disponibilizadas programaticamente. Para dar uma ideia de como a nova API funciona, veja como ficam algumas solicitações para diversas operações comuns:

// create new slide (title & body layout)
{
    "createSlide": {
        "slideLayoutReference": {
            "predefinedLayout": "TITLE_AND_BODY"
        }
    }
},
// insert text into textbox
{
    "insertText": {
        "objectId": titleID,
        "text": "Hello World!"
    }
},
// add bullets to text paragraphs
{
    "createParagraphBullets": {
        "objectId": shapeID,
        "textRange": {
            "type": "ALL"
        }
    }
},
// replace text "variables" with image
{
    "replaceAllShapesWithImage": {
        "imageUrl": imageURL,
        "replaceMethod": "CENTER_INSIDE",
        "containsText": {
            "text": "{{COMPANY_LOGO}}"
        }
    }
}

Se tiver interesse em ver o que os desenvolvedores já criaram com a API, dê uma olhada no nosso conjunto inicial de integrações de parceiros da Conga, da Trello, da Lucidchart, da Zapier e muito mais, conforme é descrito em detalhes na nossa postagem do blog do G Suite.

Para ajudar você a começar, confira a DevByte acima da nossa nova série dedicada aos desenvolvedores do G Suite. No vídeo, demonstramos como pegar “variáveis” ou marcadores em um conjunto de modelos e usar a API para gerar novos conjuntos substituindo esses proxies pelo texto ou pela imagem desejada. Quer saber mais com exemplos de código? Confira esta postagem. Se você não desenvolve em Python, ele será seu pseudocódigo, já que você pode usar qualquer linguagem suportada pelas Bibliotecas do cliente das APIs do Google. Não importa o ambiente de desenvolvimento: você pode usar “scaffolding” para gerar muitas apresentações com conteúdo variado para os usuários. Não deixe de acompanhar o blog do Google para ver mais vídeos que destaquem outros recursos da Slides API.

A Slides API já está disponível para projetos no console do Google Developers. Os desenvolvedores podem saber mais na documentação oficial, que apresenta um resumo da API e guias de início rápido, além de exemplos de código em diversas linguagens e ambientes para pavimentar o caminho do seu próximo projeto. Queremos ver todos os incríveis aplicativos de geração conjuntos de slides que você criar com a inédita API!

***

Artigo traduzido do Google

Source: IMasters

Categorizados em:

Este artigo foi escrito pormajor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *