Como o Facebook pode prejudicar sua carreira como desenvolvedor

fevereiro 2, 2017 12:00 pm Publicado por Deixe um comentário

Este artigo tem uma resposta – confira o texto de Augusto Pascutti, “Grupos de facebook, discussões de qualidade e sua carreira: uma resposta“.

Quem me conhece pessoalmente, ou pelas redes sociais, sabe que eu não sou muito fã do Facebook, por isso este artigo não deve ser surpresa. Eu poderia citar aqui vários motivos do meu desgosto pessoal, como a perda de tempo, a quantia de posts sobre política e sem embasamento nenhum, as centenas de comentários inúteis (kkkk, hehehe) etc. Mas neste artigo vou falar sobre outro aspecto do Facebook que pode prejudicar a sua carreira.

Um grande recurso que o desenvolvedor tem é sua reputação, a visão que as outras pessoas tem de você. No decorrer da sua carreira, você vai adquirindo conhecimentos e experiências e, aos poucos, vai se tornando autoridade em diversos aspectos do que faz. E uma boa forma de adquirir esta autoridade é fazendo boas perguntas em fóruns de discussão, respondendo a questionamentos, escrevendo e comentando em posts de blogs etc.

Eu fico realmente preocupado quando vejo algo similar ao exemplo abaixo. Peguei um post aleatório no grupo PHP Brasil:

O conteúdo das respostas aos questionamentos é muito bom e a tendência é para a resolução do problema e uma boa contribuição em conhecimento. Isso é algo ótimo, pois todos os envolvidos na conversa acabam aumentando sua reputação perante os colegas, mas o problema é que isso está dentro dos muros do Facebook. Isso não vai ser indexado por nenhuma ferramenta de busca como o Google. Daqui a algumas horas, o fluxo de mensagens do Facebook vai fazer esta pergunta simplesmente desaparecer no meio de tantas outras. Poucas pessoas vão poder ajudar a acrescentar as respostas ou mesmo reconhecer os envolvidos como autoridades no assunto.

Cada ferramenta deveria ser usada para seu propósito. O Facebook é uma rede social, e deveria ser usada para este fim, para socializarmos com amigos. Estas perguntas e respostas deveriam estar em ferramentas mais propícias para isso, como o Stack Overflow, Quora, iMasters, fóruns de comunidades, locais onde ferramentas de busca podem ler e indexar, onde o seu futuro chefe pode ver o quão bom profissional você é. Isto também vale para posts e textos técnicos que poderiam estar em locais melhores como blogs pessoais, Medium, WordPress, ou mesmo o Linkedin.

Não acho que grupos como o PHP Brasil devam deixar de existir, mas, sim, que deveriam ser usados para divulgar posts, eventos, socialização entre os desenvolvedores.

O que você acha? Faz sentido ou estou sendo um velho resmungão que não entende as novas gerações de desenvolvedores?

***

Este artigo tem uma resposta – confira o texto de Augusto Pascutti, “Grupos de facebook, discussões de qualidade e sua carreira: uma resposta“.

Source: IMasters

Categorizados em:

Este artigo foi escrito pormajor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *