Como organizar e nomear o conteúdo do projeto?

dezembro 2, 2016 12:00 pm Publicado por Deixe um comentário

Pode até parecer uma questão simples ou de pouco valor isso de organizar e nomear o conteúdo do projeto, mas a verdade é que a forma que você soluciona esse ponto será determinante para o sucesso; e o card sorting é o melhor caminho!

O card-sorting é uma técnica usada para descobrir como o usuário classifica determinada informação em sua mente.

Muitas pessoas acreditam que podem classificar a informação pelos outros, pois acham que sabem como será a melhor forma. Algo muito praticado, é alguém do projeto definir uma estrutura, apresentar ao cliente, aprovar e tocar o barco! Porém, isso é um grande erro. Afinal, a classificação deve ser semelhante ao que o usuário final acredita ser a ideal e não você, ou seu contratante.

Um método simples, e extremamente útil, é o card sorting! Pode ser feito sem grandes dificuldades com um pequeno grupo pessoas.

Executei uma dinâmica recentemente como voluntário do PMI-CE, do qual faço parte, para determinar qual a melhor forma de organizar e nomear as informações que devem conter no novo site do capítulo.

Cada participante foi convidado de acordo com seu perfil de uso e eles representam as personas prioritárias do projeto.

aaeaaqaaaaaaaai9aaaajda3mdgzzdawlwvkzjqtngi3ys05nzawlwq0yjgwztjknwzkzg

Funcionou assim:

Cada participante recebeu uma série de pedaços de papeis descrevendo o conteúdo que precisa ser disponibilizado no novo site e pedi que cada pessoa relacionasse os pedaços em conjuntos, criando categorias. Foi estabelecido um time-box de 15 minutos para que todos pudessem formar seus conjuntos.

Após isso, abrimos uma discussão sobre a classificação que cada pessoa determinou para cada item. As escolhas de cada pessoa foram cruzadas e amplamente discutidas até adquirirem a concordância do grupo sobre como cada item deveria ser agrupado.

Enquanto ocorriam as conversas, tive a oportunidade de ouvir e aprender sobre o que cada pessoa entende a respeito de cada item e categoria; além da opinião pessoal de cada um sobre a melhor forma de classificar tudo. E é aqui que está o principal valor deste teste.

Ao final, um relatório foi elaborado e um organograma com a taxonomia sugerida pelo grupo.

Em resumo, estas seriam as etapas:

  1. Defina as personas do projeto e convide um representante de cada perfil para participar;
  2. Cada pessoa recebe uma serie de papéis embaralhados que descrevem os conteúdos;
  3. Em seguida, agrupe os papeis os quais acredita que os conteúdos tem alguma semelhança;
  4. Cada grupo deve ser nomeado, de acordo com a visão de cada pessoa;
  5. As escolhas são registradas e discutidas;
  6. Encontramos uma classificação final baseado no cruzamento dos resultados.

Em pouco mais de uma hora encontramos uma taxonomia que foi consenso entre todos os participantes. Logo após, discutimos também sobre a nomenclatura e classificação de cada item e grupo.

Taxonomia (do grego antigo τάξις táxis, arranjo e nomia νομία, método) é a disciplina acadêmica que define os grupos de organismos biológicos, com base em características comuns e dá nomes a esses grupos.

É importante falar que nada é infalível e mesmo aplicando a técnica, as coisas podem mudar. O projeto deve ser analisado constantemente e ajustes baseados no comportamento de uso das pessoas sempre serão necessários e bem vindos.

Card sorting é uma atividade extremamente simples mas de grande valor ao projeto que ajuda a evitar diversos problemas de usabilidade, experiência de usuário, desperdício de tempo e dinheiro.

Source: IMasters

Categorizados em:

Este artigo foi escrito pormajor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *