Nano server, a nova funcionalidade do Windows Server

dezembro 19, 2016 4:00 pm Publicado por Deixe um comentário

Uma das grandes novidades do Windows Server 2016 é o Nano Server, que nada mais é do que um modo de instalação do Windows Server sem GUI e com um consumo muito baixo de recursos do servidor.

O Nano Server será ideal para os seguintes cenários:

  • Hyper-V Host;
  • Storage host (Scale-Out File Server );
  • Servidor DNS;
  • Servidor Web (IIS);
  • Como servidor para aplicações desenvolvidas especificamente para ele;
  • Containers.

E vale a pena mesmo?

Atualmente, há um crescimento do fluxo migratório de empresas de data centers para cloud servers. Isso acontece porque as empresas querem tirar o máximo dos recursos de hardware com o mínimo custo possível, e é aí que entra o Nano Server.

Uma instalação do Nano Server ocupa menos de 500 MB de espaço em disco, além de otimizar o consumo de outros recursos, como:

*Em azul o consumo do nano server e em laranja um server core comum
*Em azul o consumo do nano server e em laranja um server core comum

Prós do uso do Nano Server

  • Tamanho do VHD até 93% menor;
  • 92% menos atualizações críticas;
  • 80% menos reboots;
  • Menos brechas de segurança.

Como o Nano Server não possui GUI, será necessária uma ferramenta para administração:

  • MMC (Microsoft Management Console);
  • Hyper-V Manager;
  • WMI;
  • EMS;
  • Windows PowerShell e Desired State Configuration (DSC);
  • Server Manager;
  • Microsoft System Center;
  • Puppet and Chef.

Se você quiser saber mais como instalar, veja o site oficial da ferramenta. E se tiver alguma dúvida ou alguma contribuição sobre o assunto, aproveite os campos abaixo!

Até a próxima.

***

Artigo publicado originalmente em: http://www.concretesolutions.com.br/2016/12/11/nano-server-windows-server/

Source: IMasters

Categorizados em:

Este artigo foi escrito pormajor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *